Juliano Moreira

Juliano Moreira: estudos de um pioneiro da psiquiatria no Brasil

Autor(es): 
Christianne Theodoro de Jesus

Cadernos da Biblioteca Nacional, v.15

O volume reúne pela primeira vez artigos e conferências do médico e cientista Juliano Moreira sobre as ciências do Brasil, em especial a psiquiatria. Eles oferecem um panorama crítico sobre os modelos de assistência psiquiátrica adotados na época, comentários sobre psiquiatria forense, estudos de casos médicos e contribuições a respeito de questões, como o alcoolismo e os quadros psiquiátricos em períodos de guerra. Juliano Moreira especializou-se em dermatologia, mas logo reorientou seu interesse para o estudo das doenças psiquiátricas. Em 1903, assumiu a direção do Hospital Nacional dos Alienados, no Rio de Janeiro, onde reformulou profundamente os métodos de tratamento dos pacientes. Em 1925, recepcionou Albert Einstein quando este visitou o Brasil, levando-o para conhecer a instituição. Presidente de honra em vários congressos médicos internacionais, recebeu de inúmeras universidades europeias o título de “professor honoris causa”.