Lives da BN | 200 da Independência

sexta-feira, 18 de setembro de 2020.
Notícia
Fundação Biblioteca nacional, Turismo, Secult, Bicentenário da Independência, Império do Brasil, retrato, fotografia, iconografia, História do Brasil
O retrato faz parte da nossa identidade; hoje, cada selfie é fruto de uma série de escolhas sobre a pose, a roupa e o lugar. Antes da invenção da fotografia, pelo menos duas pessoas negociavam estas decisões: o modelo e o pintor -- mas que pintor?! No Brasil do início do século XIX, em pleno processo de independência, tirar um retrato era um acontecimento. Quem eram essas pessoas e quais as questões envolvidas?

A Fundação Biblioteca Nacional convida para um episódio da série "200 da Independência"

200 da INDEPENDÊNCIA - quinta-feira, 24 de setembro de 2020 às 17:00

O retrato no Brasil nos tempos da Independência

Joaquim Marçal Andrade (Coord. da BNDigital, FBN)
Patricia Delayti Telles (CEAACP/Univ. de Coimbra e CHAIA/Univ. de Évora)

Moderador:
Luiz Ramiro (CPE, FBN)

Patricia Delayti Telles, bolseira de pós-doutoramento [SFRH/BPD/115974/2016], investigadora do CEAACP (Universidade de Coimbra) é doutora em História da Arte, (UE, 2015), Mestre em Arts Administration (Columbia University, 1996), pós-graduada em História da Arte e Arquitetura no Brasil (PUC RJ/1992) e economista (PUC RJ/1988). Foi bolseira Gulbenkian (2015/2016) e vencedora dos prémios Fernão Mendes Pinto (2016), da Associação das Universidades de Língua Portuguesa (AULP) e Dahesh Museum Prize (2011) da Association of Historians of Nineteenth Century Art. Especializada em pintura entre 1777 e 1835, trabalha relações culturais, sobretudo diplomatas, retratos, e mercado de arte.

Joaquim Marçal Ferreira de Andrade, Coordenador da BNDigital da Fundação Biblioteca Nacional e Professor Adjunto no curso de Arquitetura e Urbanismo da PUC-Rio. Bacharel em Desenho Industrial pela UERJ, Mestre em Design pela PUC-Rio e Doutor em História Social pela UFRJ, foi Professor Visitante na Universidad Andina Simón Bolívar, Equador. Publicou em pela editora Elsevier o livro “História da fotorreportagem no Brasil: a fotografia na imprensa do Rio de Janeiro de 1839 a 1900” (2004) e desenvolve pesquisa sobre periódicos ilustrados e fotografia no Brasil.

Fundação Biblioteca Nacional
Secretaria Especial da Cultura
Ministério do Turismo
Governo Federal

Acesse o canal do Youtube da FBN para acompanhar esse e outros eventos:
www.youtube.com/c/FundacaoBibliotecaNacional