13 de Junho – Dia do Turista

sábado, 13 de junho de 2020.
Notícia
Dia do turista, Turismo, turista, Fundação Biblioteca nacional
A data homenageia viajantes e exploradores de todo o mundo e visa ampliar a conscientização sobre medidas básicas a serem tomadas em viagens. A Organização Mundial de Turismo define turista como a pessoa que vive em um local diferente por menos de um ano, geralmente com o objetivo de conhecer lugares e pontos turísticos.

cobertura-6540-13-junho-dia-turista.jpg

Doze horas em Diligencia: Guia do viajante.
Doze horas em Diligencia: Guia do viajante.

Na Grécia Antiga os deslocamentos para assistir as Olimpíadas eram uma das formas usuais de turismo. Já os antigos romanos costumavam se deslocar em busca de águas termais e para o lazer nas regiões costeiras. Na Idade Média essa forma de mobilidade sofreu uma retração e basicamente se limitou às peregrinações religiosas. Foi a partir da Revolução Industrial, no século XIX, que viajar por lazer tornou-se uma atividade econômica rentável.
No Brasil, a atividade turística é responsável por mais de 8% da economia e gera renda para mais de sete milhões de trabalhadores diretos. Os destinos mais procurados são Rio de Janeiro, São Paulo e os estados da região Nordeste, principalmente Bahia e Pernambuco.
A Biblioteca Nacional (um importante ponto turístico na cidade do Rio) resgata a obra considerada o primeiro guia de viagens do Brasil, do fotógrafo imperial Revert Henrique Klumb, publicada em 1872. “Doze horas em diligência - Guia do viajante de Petrópolis a Juiz de Fora” descreve com fotos e palavras a referida viagem e documenta a construção da Estrada União e Indústria – que liga as duas cidades –, considerada a primeira estrada pavimentada do país. O autor produziu ainda muitas iconografias sobre as cidades do Rio de Janeiro, Petrópolis e arredores.