Arnaldo Vieira de Carvalho, orgulho da medicina brasileira

sábado, 11 de abril de 2020.
Notícia
Arnaldo Viera de Carvalho, medicina
Neste momento em que tanto precisamos e defendemos os profissionais da saúde, a Biblioteca Nacional faz uma homenagem a esses profissionais através do médico brasileiro Arnaldo Augusto Vieira de Carvalho, fundador da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.

Arnaldo Augusto Vieira nasceu no dia 5 de janeiro de 1867, em Campinas, era o filho mais velho de Carolina Xavier Vieira de Carvalho e Joaquim José Vieira de Carvalho, ambos naturais de Santos – SP, que tiveram ao todo seis filhos. O seu pai, advogado, teve vários cargos na administração pública e na política.

Em 1888, formou-se médico pela Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro. Logo após o seu retorno para São Paulo, instalou-se a República no país e, com isso, o empenho do governo em implantar instituições que demarcassem o desenvolvimento do Estado. Um pouco por influência de seu pai, foi indicado para atuar como médico na Hospedaria dos Imigrantes e na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, em 1889.

No ano de 1895, tornou-se o primeiro Diretor Médico da Santa Casa de São Paulo. Foi responsável por promover a ampliação e reformas nos serviços assistenciais da instituição e desenvolver trabalhos característicos de ambientes de ensino antes mesmo do local se vincular a universidade.

O médico destacou-se, também, por grandes ações como: apoiar os problemas médico-sociais de seu tempo; contribuiu com as campanhas de vacinação, estando à frente do Instituto Vacinogênico para que a população fosse fortalecida diante das doenças e das mazelas sociais; por renovar os métodos cirúrgicos em São Paulo, introduzindo a então recente conquista científica na época, a gastrectomia; participar da fundação da Sociedade de Medicina e Cirurgia e da criação da Policlínica do Estado; por ser um dos fundadores, em 1914, da Revista Annaes Paulistas de Medicina e Cirurgia.

Em 1912, o médico Arnaldo Vieira de Carvalho fundou a Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Com a criação da Universidade de São Paulo – USP, em 1934, foi incorporada e passou a ter atual designação – Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo/FMUSP. No entanto, ainda hoje, o local é chamado de a Casa de Arnaldo, uma homenagem ao seu fundador dos seus alunos e ex-alunos. Além disso, a rua onde está localizada, em frente ao Cemitério do Araçá, no bairro de Pinheiros em São Paulo, foi renomeada recebendo o nome de Doutor Arnaldo.

A Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo teve sua aula inaugural no dia 02 de abril de 1913, ministrada por Edmundo Xavier no salão nobre da Escola Politecnica. A instituição é considerada de excelência no país, estando entre as 100 melhores do mundo. É também a única Faculdade de Medicina da América Latina que participa do grupo composto por 25 instituições acadêmicas de saúde e hospitais universitários que compõem o M8 Alliance, responsável por promover a transformação das abordagens médicas atuais para o tratamento dos doentes através da criação de sistema de saúde voltados para a efetiva prevenção da doença.

No dia 25 de janeiro de 1920, aconteceu o último grande gesto público do médico Arnaldo Vieira de Carvalho: o lançamento da pedra fundamental da sede própria da Escola em frente ao Cemitério de Araçá. Meses mais tarde, em decorrência de uma infecção na garganta, falece de forma prematura no dia 5 de junho de 1920, em Campinas.

A imagem escolhida faz parte do acervo da Iconografia e está disponível no link abaixo.