Isamara Carvalho, da Biblioteca Nacional, apresenta trabalho sobre livro de horas em Portugal

quarta-feira, 18 de dezembro de 2019.
Institucional
livro de horas, Portugal
Entre os dias 6 e 9 de novembro, a servidora da Biblioteca Nacional Isamara Lara de Carvalho participou da ‘V Conferência Internacional Medieval Europe in Motion: materialities and devotions’, promovida pelo Instituto de Estudos Medievais da Universidade Nova de Lisboa e pela Direcção Geral do Património Cultural de Portugal, no Mosteiro de Santa Maria da Vitória (Mosteiro da Batalha), em Portugal.

Servidora Isamara Carvalho apresenta trabalho em Portugal (6129)

Novembro de 2019 - A servidora Isamara Carvalho, da Biblioteca Nacional, apresenta trabalho sobre livro de horas em Portugal.
Novembro de 2019 - A servidora Isamara Carvalho, da Biblioteca Nacional, apresenta trabalho sobre livro de horas em Portugal.

Na ocasião, Isamara apresentou o trabalho de pesquisa Questões sobre o Livro de Horas dito de D. Fernando – um estudo interdisciplinar sobre um códice iluminado da Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro, desenvolvido no Laboratório de Restauração da Biblioteca Nacional, em parceria com o Instituto Federal de Educação do Rio de Janeiro (IFRJ). A palestra integrou sessão que teve como tema os Livros Devocionais e Litúrgicos: materialidade, iconografia e práticas, em que foram reunidos trabalhos sobre livros de horas e outros manuscritos medievais.

O evento contou com palestras de importantes historiadores e de pesquisadores de vários países, em diversos idiomas, além de uma visita guiada ao monumento – Patrimônio Mundial pela Unesco – que homenageia a vitória dos portugueses sobre os espanhóis na batalha de Aljubarrota.  O encontro com especialistas das áreas de história, história da arte, heráldica e conservação e restauro foi importante para a troca de experiências. Dentre os temas e trabalhos apresentados, vários trataram da interação entre as disciplinas, mostrando a importância da interdisciplinaridade nesse campo.

O trabalho apresentado durante o evento está ligado a um livro de horas proveniente do acervo da Real Biblioteca de Portugal que por longo tempo se acreditou ter pertencido a D. Fernando (1345-1383). A ligação dessa obra com Portugal – especialmente a questão do brasão da família real portuguesa – é de especial importância para a história dos dois países. O manuscrito iluminado CF 50,1,1, conhecido como Livro de Horas de D. Fernando, apresenta algumas questões relativas à sua datação, origens e autenticidade. Atualmente identificado como um livro de horas ao uso de Sarum (rito inglês), esse códice proveniente da Real Biblioteca permaneceu catalogado erroneamente durante longo tempo devido às informações que constam em seu colofão e que, segundo especialistas, é uma farsa. Além disso, a iluminura e o brasão real português, que abrem o códice, também tiveram sua originalidade questionada. Como forma de colaborar na investigação dessas questões, foi proposto um estudo de caracterização material por meio de técnicas de análises físico-químicas. O projeto tem como objetivos principais identificar a paleta de cores, as técnicas de construção e caracterizar os pigmentos aplicados no manuscrito, a fim de obter respostas às questões acima referidas, endossando ou não as análises de história da arte.

Isamara Lara de Carvalho, servidora da Biblioteca Nacional responsável pela apresentação do trabalho no evento é Mestre em Conservação e Restauro pela Universidade Nova de Lisboa, e conservadora-restauradora do Laboratório de Restauração da Biblioteca Nacional.

Novembro de 2019 - A servidora Isamara Carvalho, da Biblioteca Nacional, apresenta trabalho sobre livro de horas em Portugal.
Novembro de 2019 - A servidora Isamara Carvalho, da Biblioteca Nacional, apresenta trabalho sobre livro de horas em Portugal.
Novembro de 2019 - A servidora Isamara Carvalho, da Biblioteca Nacional, apresenta trabalho sobre livro de horas em Portugal.
Novembro de 2019 - A servidora Isamara Carvalho, da Biblioteca Nacional, apresenta trabalho sobre livro de horas em Portugal.
Novembro de 2019 - A servidora Isamara Carvalho, da Biblioteca Nacional, participa de visita ao Mosteiro de Santa Maria da Vitória (Mosteiro da Batalha), em Portugal.
Vista do Mosteiro da Batalha, em Portugal.