Informações sobre ações de proteção e segurança do patrimônio e planejamento de melhoria contínua

quinta-feira, 6 de setembro de 2018.
Institucional
segurança
A Fundação Biblioteca Nacional (FBN) vem a público trazer uma série de informações sobre as ações já em vigor de proteção e segurança do patrimônio sob sua guarda, bem como aquelas que integram seu planejamento de melhoria contínua.

Exterior view of the facade of the National Library from Avenida Rio Branco.

Exterior view of the facade of the National Library from Avenida Rio Branco.
Exterior view of the facade of the National Library from Avenida Rio Branco.

Sistema de segurança contra incêndio do prédio sede da FBN

  1. Sistema implantado e operante:
    1. Combate a incêndio:
      • Rede de hidrantes internos - 15 unidades.
      • Hidrante de passeio (acesso ao carro pipa) -  1 unidade.
      • Extintores (CO2, água e pó químico) - 260 unidades.
      • 12 brigadistas que se revezam em turnos de 3 por 24 horas.
      • Reserva técnica de água de incêndio compatível com o número de hidrantes.
      • Casa de máquina de incêndio - 2 bombas.
      • Sala-cofre destinada ao acervo já digitalizado e equipada com sistema automático de combate a incêndio por inundação com CO2.
    2. Sistema de prevenção:
      • Sistema de detecção e alarme – 300 detectores de fumaça tipo aspiração e tipo beam. O sistema foi aferido recentemente por empresa de manutenção especializada, em 14 de agosto de 2018.
      • Central de monitoramento do sistema de detecção e alarme, com 76 câmeras dotadas de infravermelho.
      • Sinalização de rota de fuga e Plano de Gerenciamento de Risco, Salvaguarda e Emergência.
      • Contrato vigente de manutenção predial nas seguintes especialidades: elétrica, hidrossanitária, climatização e extintores, supervisionado por corpo técnico efetivo.
      • Sistema de para-raios SPDA, com descarga vertical pela estrutura metálica, conforme norma do CBMERJ – Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro;
  2. Ações de aprimoramento do sistema existente, conforme processo E27/14681/11210/2018 aprovado pelo DGST/CBMERJ em 24/08/2018.
    • Acréscimos de 5 novos hidrantes internos.
    • Redistribuição dos extintores com padronização para tipo ABC (polivalente para qualquer tipo de sinistro).
    • Revisão das rotas de fuga, sinalização e iluminação de emergência.
    • Contratação dos serviços especializados de manutenção preventiva e corretiva do sistema de detecção e alarme de incêndios.
    • Realização de treinamento ainda no ano de 2018. Exercício de evacuação de pessoas e manuseio de equipamento de combate.

Sistema das instalações elétricas do prédio sede da FBN

  1. As instalações elétricas do prédio Sede atendem a atual demanda elétrica da edificação, o que foi atestado pelo laudo da empresa contratada em 2012 para elaboração do novo projeto de instalações elétricas a ser implantado. O sistema atual é objeto de ações de manutenção preventiva e corretiva, conforme recomendações das normas NBR5410 (instalação) e NR 10 (manutenção e operação).
    • As obras de instalação elétrica, previstas para aderência às normas vigentes, foram iniciadas em 2014, e paralisadas à revelia da FBN, em 2016, por inadimplência da empresa executante. Os serviços que foram executados até a paralização das obras não comprometem o funcionamento e a segurança do sistema elétrico existente.
    • A FBN promoverá a complementação do projeto aprovado, com vistas a atender às futuras demandas de climatização e cabeamento estruturado, com previsão de início em 2019. A execução desta ação depende da aprovação das disciplinas de climatização e cabeamento estruturado projetadas pela FGV – Fundação Getúlio Vargas, que se encontram em análise pelo IPHAN.

Demais endereços da Biblioteca Nacional

  • O prédio Anexo da FBN, na Av. Rodrigues Alves, possui 4 brigadistas, com cobertura 24 horas, 106 extintores de múltipla aplicação.
  • Apesar de não possuir acervo, a Casa da Leitura de Laranjeiras conta com 20 extintores de incêndio.
  • Existe projeto de prevenção e combate, detecção e alarme, sinalização de rota de fuga e iluminação de emergência para os dois espaços. Sua implantação está condicionada à liberação de recursos.
  • No dia 11 de maio de 2018, a Auditoria Interna iniciou uma auditoria de natureza operacional na segurança do acervo (furto e sinistro), prevista no planejamento anual, com previsão de término em novembro de 2018.
Central de detecção e alarme de incêndio - SDAI.
Sirene audiovisual endereçável e acionador manual endereçável.