Estão abertas as inscrições para o Prêmio Literário Biblioteca Nacional 2019

segunda-feira, 3 de junho de 2019.
Edital
Prêmio Literário, literatura, tradução, ilustração, livro infantojuvenil, literatura jovem, poesia, romance, conto, ensaio social, projeto gráfico
No dia 3 de junho, a Fundação Biblioteca Nacional abriu inscrições para o seu Prêmio Literário, edição 2019, para autores, tradutores e projetistas gráficos brasileiros ou naturalizados. As inscrições permanecem abertas até 18 de julho.

cobertura-5373-inscricoes-premio-literario-biblioteca.png

Prêmio Literário Biblioteca Nacional edição 2019
Prêmio Literário Biblioteca Nacional edição 2019

Concedido anualmente, desde 1995, o Prêmio Literário da Fundação Biblioteca Nacional tem por objetivo reconhecer a qualidade intelectual das obras publicadas no período de 1º de maio de 2018 a 30 de abril de 2019, no Brasil, em língua portuguesa, em nove categorias distintas: poesia, romance, conto, ensaio literário, ensaio social, tradução, projeto gráfico, literatura infantil e literatura juvenil. Cada um dos premiados recebe quantia de R$ 30.000,00 (trinta mil reais).

Somente os livros que cumprem a Lei do Depósito Legal (artigo 1°, inciso 1.2, do Edital) podem concorrer, em respeito a uma das finalidades primordiais da instituição: assegurar a coleta, a guarda e a difusão da produção intelectual brasileira, visando à preservação e à formação da Coleção Memória Nacional; além de promover a conscientização do meio editorial brasileiro sobre a necessidade do cumprimento da legislação vigente do Depósito Legal, na Fundação Biblioteca Nacional.

O Edital do Prêmio Literário da BN também assegura o registro da obra na Agência Brasileira de ISBN (International Standard Book Number). A identificação do livro no sistema unificado da Agência determina a inscrição da obra segundo o título, o autor, o país e a editora, individualizada, inclusive conforme a edição. Criado em 1967, e oficializado como norma internacional dede 1972, o ISBN permite identificar o software, seu sistema numérico sob um código de barras, o que elimina barreiras linguísticas e facilita a circulação, a localização e comercialização das obras internacionalmente.

A Comissão Julgadora é composta por 27 jurados, sendo três em cada categoria, todos escolhidos a partir de seus conhecimentos profissionais, em reconhecimento a seus méritos literários e técnicos, com notoriedade na área acadêmica, editorial e/ou intelectual.